Quartel de Santo Óvídio

A necessidade de dar instalações condignas aos soldados do 2º Regimento de Infantaria do Porto, que se encontrava instalado nos celeiros da Cordoaria, obrigou à edificação de um Quartel na Praça ou Campo de Santo Ovídio. Foi então mandado erigir por D. Maria I, por Aviso Régio de 20 de Fevereiro de 1790. A autoria final do projeto cabe ao Tenente-Coronel Engenheiro do Reino, Reinaldo Oudinot, e as obras de construção aos Arquitetos Teodoro de Sousa Maldonado e José Francisco da Paiva.

As obras ter-se-ão iniciado ainda nesse ano e prolongaram-se até 1805/1806. Na sua estrutura foi utilizada pedra oriunda das pedreiras da Lapa e das Fontainhas mas também alguma proveniente da demolida muralha “fernandina”.

Ao longo da sua existência, para além do Regimento de Infantaria nº 2, outras tropas (de Artilharia, Cavalaria e Engenharia) estiveram ali instaladas e durante o Cerco do Porto também aí esteve colocado o Batalhão de Milícias de Santo Ovídio.

  • Coordenadas GPS
    41.15517, -8.61257
Hit enter to search or ESC to close